30.1.07

Bioquerosene

Notícia semana passada no Jornal O Estado de São Paulo (para assinantes) conta sobre o contrato entre a Nasa, a Boing e a empresa brasileira Tecbio. Pelo acordo, assinado este mês, as empresas se comprometem, até 2009, a desenvolver e testar um biocombustível para ser usado em larga escala na aviação comercial. Segundo a notícia, a Tecbio, com sede em Fortaleza/CE, fornecedora de equipamentos para usinas de biodiesel, já envia um volume de bioquerosene que movimenta turbinas da Boing em um laboratório nos EUA, sob testes de técnicos da Nasa. Desde o ano passado este acordo já estava repercutindo na imprensa internacional, como resume este artigo em inglês no site Biopact.

Na matéria do Estadão o engenheiro químico cearense Expedito José de Sá Parente, fundador da Tecbio, revela que o óleo do Babaçu é um dos componentes do novo combustível. O jornal se refere a Parente como sendo o pai do biodiesel no Brasil. Em entrevista publicada anos atrás, no site da Radiobrás, o engenheiro contou sobre o começo de suas pesquisas com bioqueresene, ainda no início dos anos 80.

Post originalmente publicado no Yahoo! Tecnologia


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Boo-Box

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO