26.10.08

Hospedando dados no Brasil


No final de agosto a Locaweb, maior empresa brasileira de hospedagem de sites, anunciou a compra de um terreno de R$ 18,7 milhões para contruir um novo datacenter e a futura sede da empresa. Em nota no Estadão - O salto bilionário da Locaweb - publicada em 01/09/2008, Gilberto Mautner, presidente e co-fundador da empresa, anunciou que sua idéia é fazer o maior data center do país. Criada em 1998 por Gilberto e Claudio Gora, com investimentos de R$ 30 mil, ocupava uma área de 70 metros quadrados, e no novo complexo, o espaço será 400 vezes maior.

Na epoca da reportagem, antes da crise financeira, a Locaweb esperava abrir capital em 2009 ou 2010 e era avaliada em R$ 1 bilhão. Faturando menos de R$ 100 milhoes, relativamente baixo para uma companhia aberta mas vantajoso por demandar baixos investimentos, a empresa já sobreviveu ao estouro da bolha ponto em 2001. Gilberto Mautner e primo de Claudio Gora, foi criado pelos tios como se fosse um dos filhos, em 1997 morou na California/EUA e trabalhava na Andersen Consulting onde presenciou o início da indústria da internet. De volta ao Brasil em 1997 montou o portal Intermoda, já que a familia trabalhava em uma confecção e Michel Gora, pai de Claudio, fez o investimento inicial. Depois de um ano, desistiram do portal de moda e fundaram a Locaweb, utilizando um servidor na California e cobrando R$ 29,00 por mês, em uma época que a média de preços para hospedar um site era de R$300,00.

Em 2000, o tio Michel Gora deixou a confecção para se dedicar a nova empresa, graças à sua experiência, não deixou a empresa embarcar na euforia ponto com e fez com que a empresa fosse lucrativa desde o início. Segundo a materia, Gilberto Mautner, engenheiro, e o presidente, Claudio Gora cuida do marketing e comercial, Michel Gora e presidente do conselho, Ricardo Gora cuida da área financeira e Andrea Gora é responsável por recursos humanos. Outros 3 diretores não são da familia, parte do processo de profissionalização.

Notícia no jornal Gazeta Mercantil - Locaweb e Diveo investem em expansão - publicada em 02/09/2008, conta que o novo centro da Locaweb terá capacidade para 100 mil servidores, um campus para as áreas de pesquisa, desenvolvimento, suporte e administração, ocupando 28 mil metros quadrados. A nota na Gazeta também registra que a Diveo Boradband Networks anunciou US$ 30 milhões em investimentos nas operações brasileiras. Segundo a companhia, prestadora de servicos em TI e infra-estrutura em telecomunicações para clientes corporativos na América Latina, US$ 22 milhões irão para a expansão do atual data center que vai passar de um espaco de 17 para 22 mil metros quadrados.

No site Baguete, o post Diveo: US$ 30 mi no Brasil, além dos números, traz declaração de Marco Américo D. Antonio, vice-presidente executivo de Data Center da Diveo do Brasil. Com sede em Fort Lauderdale, nos Estados Unidos, a empresa mantém três data centers, interligados por uma rede panregional, na Colômbia, México e Brasil. Presente no país desde 1999, tem 1,8 mil clientes e presença em sete cidades: São Paulo, Campinas, Porto Alegre, Curitiba, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Brasília.


Post publicado originalmente em meu Blog no Yahoo! Tecnologia.
Imagem: Baguete.com.br


Posts relacionados:
- Empreendedorismo e tecnologia no Brasil
- Victor Sebastian Reis da Silva na Locaweb
- Positivo na bolsa
- Juliano Baladão da Plugin
- Carlos Gora da Locaweb
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Boo-Box

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO