27.2.10

Clay Shirky, Steven Johnson e Pierre Lévy no Brasil

Dias 11, 12 e 13/03/2010 acontece a CIRS - Conferência Internacional sobre Redes Sociais em Curitiba/PR. O evento faz parte da Conferência Internacional de Cidades Inovadoras e é organizado pela Escola de Redes, que se define como uma rede de pessoas dedicadas à investigação sobre redes sociais e à criação e transferência de tecnologias de netweaving (articulação e animação de redes). Os destaques serão as presenças de Clay Shirky, Steven Johnson e Pierre Lévy, gurus do crowdsourcing, emergência e cybercultura. Com convidados internacionais de peso e adotando os conceitos que defende - colaboração, descentralização, organização e divulgação voluntária - tudo em torno de uma comunidade no Ning, acredito que a conferência alcance facilmente a meta de mil inscritos (hoje são 760), registrada nesta apresentação feita para quem quiser divulgar o evento.

Desde que li o artigo Power Laws, Weblogs and Inequality de Clay Shirky, escrito em 2003, tento acompanhar as idéias dele. Quando misturou leis da física ao fenômeno dos blogs - que estava começando a ganhar força e influência - lembrei imediatamente das aulas no cursinho e, revendo os gráficos, fiquei até com a impressão de que Chris Anderson materializou dali o conceito "cauda longa", um dos fundamentos da nova economia e da era da informação. Shirky é autor do livro Here comes everybody. The power of organizing without organizations, publicado em 2008 e comentado por Juliano Spyer no post Clay Shirky e o valor das coisas sem valor. Quem tb postou sobre o guru foi Alexandre Matias, que publicou no blog Trabalho Sujo a entrevista que fez para o Link Estadão: Clay Shirky, a cultura digital e o Brasil.

Steven Johnson, outro palestrante convidado, é autor do livro Emergência A Dinâmica De Rede Em Formigas, Cérebros, Cidades. Tb não li, mas pelo título parece que Johnson, assim como Shirky, usa referências das ciências exatas para entender a comunicação entre pessoas, potencializada pela tecnologia e internet. O autor veio ao Brasil em 2008 e participou do programa Roda Viva da TV Cultura, Grazziani Colombo gravou e publicou os videos postou os videos no YouTube e reuniu tudo no post Debate em vídeo na íntegra com Steven Johnson. Em 2001 Pierre Lévy, filósofo francês e autor do livro Cibercultura, também esteve no Roda Viva. O registro do programa está disponível no site Memória Viva da Fapesp.

Redes sociais, inteligência coletiva, cultura digital e quem sabe até mesmo memética. O próprio Augusto de Franco, escritor e principal articulador da Escola de Redes e da CIRS, tem um livro eletrônico disponível no Bookess - 10 escritos sobre redes sociais - com um capítulo onde explica a teoria dos memes sugerida por Richard Dawkins. Penso que com esse perfil a conferência também vai ganhar identidade única, destacando do conceito dominado pelo pessoal da semiótica e gestalt, que aconselham mantermos distância do determinismo biológico nas ciências humanas.

O evento também vai abrigar palestras de brasileiros e desconferências, chamadas de Open Space, onde os participantes podem sugerir os temas desde já no tópico A CIRS já começou. A divulgação tb é colaborativa e aberta, Ibrahim Cesar do blog 1001 Gatos de Schroedinger criou um logo e está cadastrando quem quer camisetas. Se tudo der certo, estarei lá com a Paula Marsilli, quase uma micro caravana aqui da 141 SoHo Square :-)


Posts relacionados:
- Estarei nos Encontros de Rede Vivo e Redes Sociais e Educação na Campus Party
- Mudei pra 141 SoHo Square
- Desmassificação, frase de Alvin Toffler
- (Des)Conferência na FAAP - Ações em midias sociais
- Sr. Orkut no Brasil
- Conectado, livro de Juliano Spyer
- Joi Ito em São Paulo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Boo-Box

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO