15.3.07

A visita do Bush

Semana passada presenciamos a visita em São Paulo do presidente da nação mais poderosa e odiada do mundo. O Yahoo! Notícias reuniu as matérias relacionadas à passagem de Bush, muitas delas falando dos protestos, caos no trânsito e o contraponto político com Chavez, da Venezuela. Mas o reconhecimento dos americanos em relação a adoção brasileira do álcool e biocombustíveis também pode ser considerado importante. Os EUA são o primeiro produtor de etanol, que produzem a partir do milho, o Brasil é o segundo, e a união entre os 2 países já está sendo chamada de Opep do álcool.

Ao mesmo tempo que ganha importância mundial, a adoção da tecnologia brasileira também é criticada. Existem temores sobre o desmatamento para plantar cana, a volta de uma monocultura agrícola imposta ao país e até mesmo a incapacidade do Brasil alcançar os países desenvolvidos nas pesquisas com o etanol celulósico, gerado a partir de cascas, hastes e sobras de plantas, e que é considerada a próxima etapa na evolução do combustível vegetal. O blog Biocomb publicou dias atrás alguns projetos, datas e investimentos divulgados pelos americanos no desenvolvimento desta nova tecnologia. Experiências brasileiras com etanol celulósico também estão em andamento, a planta piloto da empresa Dedini foi visitada pela Revista Inovação da Unicamp, que publicou uma reportagem no fim do ano passado.

Mas a passagem de Bush em Sampa também quis prestigiar iniciativas sociais que trabalham com inclusão digital, apesar da confusão com o CDI, a comitiva visitou a ONG Meninos do Morumbi, que mantém atividades de artes, esporte e informática. Como curiosidade, o site Ueba publicou fotos enviadas por um colaborador anônimo, mostrando todo aparato de segurança ao redor do hotel, link que foi replicado até mesmo no Boingboing, famoso blog americano.

Publicado originalmente no Yahoo! Tecnologia

Post relacionado:
- O Brasil é a Arábia Saudita do álcool
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Boo-Box

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO