5.10.07

Livros e tecnologia

Reportagem especial publicada no Link Estadão em agosto abordou o tema dos livros, livrarias, sebos, escritores e editoras em projetos envolvendo tecnologia. Na matéria Tecnologia auxilia na venda de livros, são citados os empreendimentos de Fábio Bueno Netto, inventor da máquina de venda automática de livros, e André Garcia, criador do Estante Virtual, site de comércio eletrônico que reúne mais de 600 sebos do país. Abaixo alguns trechos:
(...) Há quatro anos, o microempresário Fábio Bueno Netto, de 47 anos, colocou máquinas para vender livros no metrô. O empreendimento é um sucesso. Já o administrador carioca André Garcia, utiliza a internet para compor o acervo de 1,1 milhão de livros usados.
A 24x7 Cultural começou a comercializar livros na estação da Sé e hoje também vende pela web. Com a abertura do negócio, as vendas saltaram de 200 para 15 mil livros por mês. As máquinas são semelhantes àquelas que vendem refrigerantes e salgadinhos. Os livros são vendidos a preços populares. Em maio deste ano, a venda média era de 15 mil exemplares por mês. Tanto sucesso fez Netto largar a medicina para se dedicar ao comércio.
André Garcia também se utilizou da tecnologia para dar vida ao seu negócio de livros. No final de 2005, ele criou o portal Estante Virtual, que reúne mais de 600 sebos em todo o País, num acervo on-line de 1,1 milhão de livros usados. Pela rede, ele catalogou livros escondidos nas prateleiras de todo o Brasil e colocou-os ao alcance de consumidores de qualquer lugar do País. (...)
Sobre a vending machine, aqui no Yahoo! Tecnologia já publiquei a nota Máquina que Vende Livros e Bob Wolheim, publicou um resumo de uma palestra de Fabio Bueno em sua coluna Na hora do aperto, cortei o saquinho.... Segue alguns trechos:
(...) Ainda quando estudante de medicina, Fabio montou um boteco em uma praia do litoral paranaense que ele tocava aos finais de semana para ganhar algum dinheiro. O lugar só vendia cerveja e batata-frita, mais nada. (...) Na 24x7, quebrando vários paradigmas, Fabio chega a vender, com apenas 21 máquinas, 5% das vendas de alguns livros... E ele diz que na verdade ele não vende livros, e sim “mudanças imediatas de caráter permanente na vida das pessoas” e por isso tem tanto sucesso.
Já o Estande Virtual, segundo o Link, criado no final de 2005, hoje tem catalogado 1,1 milhão de livros usados. O site mantém um blog que recentemente postou um dado animador para quem está neste mercado:
Livro é o produto mais vendido da internet brasileira.
12/09/2007
(...) Dados divulgados pela Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (camara-e.net) e pelo E-bit apontam para um crescimento de 49% nas vendas via web do país, em comparação com o mesmo período do ano passado. As vendas online movimentaram R$ 2,6 milhões e o valor médio gasto por compra é R$ 256,00. E agora, a boa surpresa: livro é o produto mais vendido pela internet (17%), ganhando dos tão desejados equipamentos de informática e eletrônicos (13%). (...)

Publicado originalmente no Yahoo! Tecnologia.

Posts relacionados:
- Impressão sob demanda da Ediouro e da Microsiga
- Americanas com Submarino
- Armazém Digital abre filial
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Boo-Box

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO