10.8.11

Limpador de língua contra o mau hálito, invenção de uma dentista brasileira

Tongue Cleaner / Limpador de Lingua
Tongue Cleaner / Limpador de Lingua, upload feito originalmente por Ricardo Carreon.

Um pequeno objeto de plástico em formato de V invertido criado pela Dra Ana Christina Kolbe foi lançado no XV Congresso Pernambucano de Odontologia no ano 2000. Recomendado para complementar a higiene bucal, ao lado da escova de dentes, fio dental e enxaguantes, tem como objetivo prevenir e diminuir a halitose e o bafo de onça. Com o invento patenteado a dentista fabrica o limpador de língua da marca Kolbe, vendido para ser usado no combate à placa bacteriana lingual, ou saburra lingual, segundo a Dra Ana, responsável por mais de 90% dos casos de mau hálito.

Limpador de Lingua Kolbe
Limpador de Lingua Kolbe, upload feito originalmente por Produtos de Saúde.

Em texto originalmente publicado no site Inventa Brasil Unicamp em 3/9/2008 e reproduzido no site da Kolbe - Limpador de Língua (em pdf) - a Dra Ana Christina Kolbe defende que a maioria dos casos de mau hálito está associado ao acúmulo de sujeira na língua, segue copy paste de trechos do documento:

(...) "São restos de alimento, bactérias e células, descamadas da mucosa da boca que se acumulam na superfícia da língua e entram em fermentação". (...)

Segundo a dentista,o processo de fermentação resulta em enxofre, que é volátil e acaba provocando o mau hálito. O limpador de língua, de acordo com ela, remove todos esses resíduos. Comparado com a escova de dentes, que já é recomendada pelos dentistas para a limpeza da língua, o aparelho desenvolvido pela dentista é mais eficiente. "Estudos revelam que o limpador de língua remove 1,3 gramas da saburra (resíduos acumulados na língua), enquanto a escova de dente retira apenas 0,6 grama", afirma Ana Christina. Segundo ela o aparelho é mais eficiente porque alcança a região superior da língua, de difícil acesso para a escova.

(...) o aparelho é fruto de 11 anos de pesquisa da dentista. Ela se baseou em limpadores de língua existentes no passado. "Havia aparelhos para retirar a sujeira da língua em osso e pedra desde a pré-história. Na Europa eles eram feitos de marfim e prata", conta a dentista. A produção em escala industrial do limpador Kolbe, entretanto, começou a 4 anos (2004). Seu uso é recomendado após a escovação e o uso do fio dental para as pessoas que tem halitose. Quem quer complementar a higiene e prevenir a halitose deve usar o aparelho apenas depois da última escovação, antes de deitar.

(...)

A inventora do raspador de língua ainda foi fundadora e primeira presidente da Associação Brasileira de Estudos e Pesquisas dos Odores da Boca (ABPO), hoje Associação Brasileira de Halitose (ABHA). Se o produto for adotado na rotina da higiene bucal tem a chance de se tornar um invento brasileiro na lista de produtos de consumo de massa, ocupando o espaço na pia do banheiro ao lado de escovas e barbeadores.

Apesar de patenteado pela Kolbe, derivações ou adaptações do formato e método de funcionamento podem ser lançados por empresas concorrentes de outros países ou mesmo locais. Já vi nas farmácias limpadores de língua em formato de laço e com marcas de multinacionais conhecidas. A imagem que ilustra este post é de um artesão que fabrica e vende limpadores de língua feitos com bambu na feira do Bairro da Liberdade em São Paulo/SP. Só não sei se o objeto é da tradição japonesa e oriental (como os limpadores de ouvido de bambu) ou se foi inspirado no limpador de língua da Dra Ana Kolbe.

Posts relacionados:
- Máquina de fazer caipirinhas do inventor José Corrêa
- Comunidade de médicos no Orkut
- Videos com aparelhos de passar roupa a vapor Tobi e Jiff Steamer
- Aparelho para cortar sachê de ketchup e mostarda
- Tecnologia contra dengue
- Concurso da Máquina de Camisinha nas Escolas
- Tábuas de plástico reciclado
- Médicos na internet
- Os inventores do etanol
-
Caipireasy, máquina de fazer caipirinha
- Máquina de passar roupas



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Boo-Box

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO