10.8.11

Seeding foi vítima da maldição dos pôneis?



Como quase todo mundo já viu, nas últimas semanas a Maldição dos Pôneis criado pela agência Lew/Lara TBWA se espalhou de forma impressionante, o video no YouTube tem hoje 9.274.883 exibições. No dia 1/8/2011 o perfil @LewLaraTBWA twitou que o assunto estava em 1º no trending topics Brasil e em 6º no mundo, o site Exame.com publicou as estatísticas do monitoramento e repercussão até 5/8/2011: Pôneis malditos, o fenômeno da Nissan em números. Entre vários indicadores a matéria cita 640 posts em blogs, 1.010 videos remix e derivados do original no YouTube, comunidade com 64 mil membros no Orkut, 178 mil citações no Twitter e alcance de 99.691.148 pessoas impactadas no Twitter e Facebook (em vez de pessoas talvez sejam impressões).

Estatísticas do video no YouTube

Nissan - Pneis Malditos - YouTube.png by wagnertamanaha on Aviary
Nissan - Poneis Malditos - YouTube.png by wagnertamanaha on Aviary

Clicando no botão que exibe as estatísticas do video no YouTube - Nissan Pôneis Malditos - podemos ver que a curva ascendente de visualizações começou dia 29/7 e as maiores fontes de tráfego para a subida e o empurrão inicial veio de anúncios veiculados no próprio YouTube. Não lembro de ter visto o video sendo anunciado no destaque principal da home, mas sim nos "Videos Promovidos/Promoted videos" que aparecem a direita da página.

A partir deste gráfico e das indicações exibidas pelas estatísticas públicas do YouTube podemos supor que nenhum blog, usuário popular ou influenciador em outras redes sociais (Twitter, Tumblr, Facebook, etc) foi responsável pelo crescimento da repercussão. Apenas a qualidade e pertinência do conteúdo junto com a estratégia de midia adequada, compra de espaço publicitário nas redes sociais, inserido no próprio YouTube ou outros canais do Google (Adwords, Orkut, etc) pode ter sido suficiente para provocar tamanho boca-a-boca espontâneo.

Já no Facebook, onde o aplicativo Maldição do Pônei tem 547.516 usuários, a abordagem foi mais radical e questionável, o endereço divulgado no video - www.maldicaodoponei.com.br - leva direto a instalação do app, sem passar pela fanpage ou qualquer pg explicativa.

Voltando ao gráfico do YouTube, os indicadores deixam a entender que o sucesso na viralização dos Pôneis Malditos não precisou do chamado "seeding", termo adotado por algumas agências digitais e empresas especializadas em midias sociais para designar desde algo parecido com o RP (relações públicas) nas redes sociais e blogs, passando pela divulgação em fanpages, comunidades e fóruns, chegando até mesmo a planfetagem em massa direto com usuários comuns no corpo-a-corpo, muitas vezes percebido como invasivo, no limite do spam.

Este modelo parece adequado para as agências de propaganda, que continuariam apostando na criatividade e sofisticação da produção, patrocínio e midia para conteúdo auto-replicáveis para uma audiência de massa, distante do perfil de relacionamento e atendimento ao consumidor. E o triunfo deste formato não surgiu de um fato isolado, a própria Nissan já vivenciou a repercussão do falso grupo musical The Uncles que lançou em 2007 para promover o modelo Sentra, e como revela esta outra noticia de 25/2/2011 na Exame - Para Nissan polêmica vende - com a Lew/Lara TBWA já vinha publicando videos com o mesmo raciocínio de comparação satirizando a concorrência - Rappers p/ Nissan Tiida, Agroboys p/ Nissan Frontier - e agora os pôneis malditos, que finalmente decolaram este conceito para além das espectativas.


Posts relacionados:
- Comercial da época do preconceito contra homem com mais de 40 anos
- O sucesso do Melhor Emprego do Mundo
- Mad Men em DVD
- Roberto Justus fala sobre produtora
- Carro de tiozão, ou não?
- Plano de Nizan Guanaes com agências digitais
- Pulseiras do sexo, lenda urbana ou tendência adolescente?
- Agência de publicidade do futuro
- Grafitagem reversa no Dia Mundial Sem Carro
- Tracking e monitoramento de citações nas redes sociais
- Blogs e publicidade
- RP com blogueiros e orkuteiros chega ao Brasil
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Boo-Box

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO