3.5.07

Second Life Brasil chegou

Depois de muitos boatos e comentários, finalmente no dia 23 de abril foi inaugurada a versão brasileira do game Second Life. Fruto da parceria entre a Kaizen Games e o iG, o Second Life Brasil é a primeira localização para uma língua estrangeira do universo virtual criado pela Linden Labs. Ano passado, comentei dos rumores sobre a iniciativa na nota Habbo Hotel e Second Life no Brasil, depois, em Olha o Carnalife Aí Gente! falei dos eventos e festas que já ocorriam no jogo, mesmo antes da inauguração da versão brasileira oficial.

A mídia de massa também reservou espaço para falar do assunto, matéria na Revista Veja - A vida como ela não é - foi reproduzida no blog de Roberta Alvarenga, uma das entrevistadas. Na TV, Jeff Paiva falou ao vivo no programa Hoje em Dia da Record, em seguida ele publicou um resumo de sua participação em seu blog Wordsmith. Bem antes, o Link Estadão publicou uma lista de avatares brasileiros populares e curiosos. Entre os vários blogs de fãs e habitantes do novo ambiente, o Mundo Linden fez uma Cobertura completa da inauguração.

Um diferencial do Second Life é a adoção de uma moeda virtual, conversível em R$, postura totalmente diferente de outras iniciativas que proibem transações fora do game mas que acabam acontecendo através do mercado negro. Mesmo com este modelo econômico inovador, a iniciativa não deixa de gerar receita usando patrocínios convencionais, como detalha matéria no M&M Online - Second Life Brasil apresenta pacotes publicitários (para cadastrados).

A reportagem conta que um ano de contrato pode custar entre R$ 30 mil a R$ 100 mil por mês para as marcas interessadas. Por outro lado, empreendimentos individuais e inusitados podem surgir, como relata a matéria Brasileiro cria casa lotérica no Second Life publicada no Estadão. No entanto, para quem quiser adquirir mais moeda digital Linden Dollars, a versão do game no Brasil exigirá mais uma moeda intermediária: o KC$ Kaizen Cash. Aparentemente esta moeda também poderá ser aceita em outros jogos da companhia, como o Audition.

Toda esta agitação me fez lembrar que 10 anos atrás a idéia de uma internet em 3 dimensões era bem atraente, muitos apostavam no sucesso do VRLM e até um chat com avatares e ambientes para explorar, que se chamava Alphaworld (em inglês), gerou uma repercussão razoável conquistando centenas de usuários brasileiros. De qualquer forma, o fascínio de explorar mundos artificiais é viver experiências como a história que o blog O Garganta de Fogo contou sobre a Expulsão do Homem Biscoito :-)

Publicado originalmente no Yahoo! Tecnologia
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Boo-Box

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO