28.9.07

Lançamento do satélite sino-brasileiro

Semana retrasada entrou em órbita o Satélite Sino-Brasileiro de Recursos Terrestres (CBERS-2B), que vai fotografar e monitorar o desmatamento e queimadas, entre outras funções. Segundo nota aqui no Yahoo! Notícias - China e Brasil põem em órbita seu terceiro satélite em conjunto - o equipamento foi lançado do Centro de Lançamento de Satélites de Taiyuan, na província de Shanxi, no norte da China. Na BBC Brasil, a notícia China e Brasil lançam 3º satélite em parceria fala que o satélite foi construído em parceria pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e a Agência Espacial Chinesa (CNSA).

Outra iniciativa bi-nacional que o país participa nesta área é a Alcântara Cyclone Space, empresa em parceria com a Ucrânia. Segundo matéria na Folha de São Paulo publicada em 19/5/2007 - Com Atraso, Binacional Ganha Presidente - Roberto Amaral, ex-ministro da tecnologia, foi nomeado em maio deste ano como presidente do empreendimento. Quando esteve no governo Amaral assinou o acordo que permite que foguetes ucranianos Cyclone 4 usem a base de Alcântara no Maranhão para lançamento de satélites comerciais. A matéria diz ainda que a base brasileira permite reduzir o consumo de combustível em 30%, por estar próximo à linha do equador a velocidade de rotação da terra é maior e ajudaria a impulsionar um foguete.

Post originalmente publicado no Yahoo! Tecnologia.

Posts relacionados:
- Frase do segundo astronauta brasileiro
- Brasil na Índia e vice-versa
- O segundo astronauta brasileiro
- Etanol e o monopólio da Petrobras
- O homem que criou o ITA
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Boo-Box

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO