10.7.07

Mais videos na internet

Coincidência ou não, depois da recente estréia da versão brasileira do popular serviço de vídeo na web que comentei aqui na coluna YouTube em Português, assistimos ao lançamento de vários serviços relacionados, todos sob direção de empreendedores brasileiros. Abaixo segue uma breve seleção do que foi publicado.

Fiz.TV

O Grupo Abril estreou o canal Fiz TV, que além de hospedar vídeos pretende exibi-los na TV. O novo canal representado pelo diretor de conteúdo Marcelo Botta convidou alguns blogueiros ilustres para demostrar o serviço, o blog Marmota esteve no evento e fez um relato detalhado no post Fiz. E agora? O serviço estava em testes desde maio, como cheguei a anunciar aqui antes, e agora pretende remunerar os autores caso cujos vídeos forem escolhidos para serem exibidos na TV.

Weshow

Outra iniciativa na área foi o lançamento do Weshow, novo empreendimento de Marcos Wettreich, que nos anos 90 inventou o iBest, prêmio que teve grande repercussão. Marcello Sant’iago lembrou do refrão "o Oscar da internet brasileira" no post Outro Oscar em seu blog Poucas & Boas.
Aqui no Yahoo! Tecnologia outros colunistas também comentaram o empreendimento, Manoel Fernandes publicou A última de Wettreich e Bob Wolhein escreveu Que web mais chata. Além de Wettreich, estão envolvidos no negócio Bruno Parodi, ex-Globo.com, e Fábio Seixas, que se posicionou como um dos primeiros empreendedores web 2.0 com o Camiseteria.com. Em seu blog, Fábio Seixas comentou o lançamento do Weshow e aproveita para anunciar o recrutamento de mais profissionais para selecionar os melhores vídeos. Essa seleção feita por pessoas pretende ser um diferencial, ao lado de programas próprios, ferramentas de busca e categorização do vasto acervo de vídeos disponíveis na web.
Apesar de ter brasileiros no comando, o Weshow pretende ser global com a sede da empresa em Nova York, como revela a matéria Ele quer botar ordem no YouTube publicada no site da Revista Época. Também em seu blog, Cristina De Luca lembrou que trabalhou com Wetreich no começo da internet e aposta em seu faro de oportunidade e rentabilidade.

Eonde

Bem diferente mas de alguma forma relacionado, o site Eonde também estreou seus serviços na semana passada. Com apoio da Microsoft e Intel, o site pretende distribuir pela internet filmes digitalizados da Warner, com pagamento por download. O blog Digital Drops esteve na apresentação do novo serviço e publicou o post Entretenimento on-demand, mas caaaaaro. A expectativa dos empreendedores Karl Loriega, Ruy Mendes, Gerson Rolim, Fabio Golmia e Renata Falcão, segundo matéria no Link Estadão - Site brasileiro vende filmes pela internet - é alcançar 3 mil usuários em dois ou três meses e a 10 mil até o fim do ano.


Post originalmente publicado no Yahoo! Tecnologia

Posts relacionados:
- Porteiro Zé
- Infra-estrutura para video na internet
- Frase de Edson Mackeenzy, criador do Videolog
- Reprodução censurada
- Terror do arquivo morto
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Boo-Box

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO